Ir ao conteúdo

Tentativas e aprendizado

Ao escritor, ao filósofo, pede-se conselho ou opinião, não se admite que mantenham o mundo em suspenso, quer-se que tomem posição – eles não podem declinar as responsabilidades do homem que fala […] O pintor é o único a ter direito de olhar sobre todas as coisas sem nenhum dever de apreciação.

(MERLEAU-PONTY, Maurice – O Olho e o Espírito p.15)